quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Stop SOPA

O projeto de votação SOPA pode acabar com a internet que vemos hoje em dia, e sabe como ? simplesmente eles vão ter controle total do que faz parte da internet... E sim, o serviço do Blogger pode ser afetado pela lei.

Entenda mais sobre o caso: ( Clique abaixo em "Mais informações")


O Congresso dos EUA está debatendo uma lei que poderia conferir ao país poder para censurar a Internet do planeta — criando uma lista negra que poderia ter o YouTube, Wikileaks como alvos! Se nos unirmos podemos derrotar essa censura global da Internet.
Sob essa nova lei, os EUA podem forçar os provedores de Internet a bloquearem qualquer website que seja suspeito de violar as leis de copyright e propriedade intelectual, ou que falhem em policiar suficientemente as atividades de seus usuários. E, por conta da maioria dos serviços de hospedagem de Internet estarem localizados nos EUA, essa lista negra poderia reprimir a web livre para todos nós.

Stop Online Piracy Act

O Stop Online Piracy Act (Lei de Combate à Pirataria Online) também abreviado para sigla inglesa SOPA é um projeto de lei da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos de autoria do representante Lamar Smith e de um grupo bipartidário com doze participantes. O projeto de lei amplia os meios legais para que detentores de direitos de autor possam combater o tráfico online de propriedade protegida e de artigos falsificados.

O projeto tem sido objeto de discussão entre seus defensores e opositores. Seus proponentes afirmam que proteger o mercado de propriedade intelectual e sua indústria leva a geração de receita e empregos, além de ser um apoio necessário nos casos de sites estrangeiros. Seus oponentes alegam que é uma violação à Primeira Emenda, além de uma forma de censura e irá prejudicar a Internet, ameaçando delatores e a liberdade de expressão.


Opositores

Entre os opositores estão as principais empresas que atuam na Internet como o Facebook, Twitter, Google, Yahoo, LinkedIn, Mozilla, Wikimedia, Zynga, Amazon e eBay. Também organizações de direitos humanos, como Repórteres Sem Fronteiras e Human Rights Watch.
A empresa de registro de domínios Go Daddy inicialmente apoiou a proposta. O posicionamento atraiu fúria de seus clientes, levando-a reconsiderar o apoio.

Defensores

Os defensores são os maiores grupos e empresas dependentes de direitos de autor: Motion Picture Association of America, Recording Industry Association of America, Sony Pictures Entertainment, Time Warner, entre outras.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

(Observatório da internet foi um dos muitos sites que aderiu ao Blackout)

(Versão em Inglês da Wikipédia está fora do ar hoje.)

Sabe o que você pode fazer? Clique aqui para assinar a petição online 

Artigos Importantes:



Nenhum comentário:

Postar um comentário